Vai iniciar um tratamento com radioterapia? Saiba quais cuidados tomar com a pele

A radioterapia é um tratamento que utiliza radiações para destruir ou impedir que as células tumorais se multipliquem. É possível combiná-la com quimioterapia e com outros procedimentos, que podem variar conforme o tumor e o estágio em que a doença é diagnosticada. Além de diminuir o tamanho do tumor ou mesmo eliminá-lo, a radioterapia também serve para dar alívio ao paciente que sente muitas dores. Em alguns casos pode haver toxicidade na pele em função da área irradiada, nesses casos é importante ter alguns cuidados com a pele durante o tratamento radioterápico.

A pele é o maior órgão do corpo humano, cobrindo aproximadamente 7500 cm² de uma pessoa adulta. O órgão protege nosso corpo contra atrito, patógenos, perda excessiva de água e atua em sua termorregulação, além de conter receptores que permitem a percepção de dor, tato, temperatura e pressão. A epiderme e a derme – camadas distintas – formam a pele. Nela, será feita a demarcação da área a ser irradia de acordo com a localização do tumor.

Durante o tratamento radioterápico, a pele pode sofrer lesões descamativas ou mesmo bolhas semelhantes a queimaduras solares. Uma das maneiras de se evitar esse efeito é utilizar técnicas de planejamento computadorizado que evitem deposição de dose na superfície (pele). É nessa parte que entra o planejamento ou plano radioterápico que irá determinar quantas sessões serão feitas e qual a dose total – distribuída em cada sessão.

Outra maneira de diminuir os efeitos na pele é o uso de cremes específicos bem como o cuidado diário da região tratada. O Oncoville dispõe de equipe médica e de enfermagem que auxiliam diariamente os pacientes com medidas de prevenção e tratamento dos efeitos da radioterapia.

Dicas para proteger a pele durante a radioterapia:

• Mantenha a área irradiada limpa e seca. Pode lavar com sabão suave e água morna;

• Evite perfumes, cremes e loções com álcool na composição. Usar somente, se for o caso, creme indicado pelos rádio-oncologistas;

• Não utilize amido de milho ou pó de bebê em lesões nas dobras da pele;

• Evite expor a área tratada aos raios solares;

• Opte por roupas largas para evitar lesões por fricção;

• De preferência, evite coçar ou esfregar a região;

• Recomenda-se não aplicar compressas quentes sobre a pele.

Orientação importante é dada a todos os pacientes: as marcas de caneta sobre a pele (área demarcada) não podem ser retiradas, mas caso aconteça delas apagarem ou forem sumindo, não devem ser retocadas com outro tipo de caneta. Em sua próxima sessão, a equipe de enfermagem se encarregará de refazer.

Escreva sua resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 20 =

entrevista do Drº Daniel Neves no Jornal Mundial News
Entrevista do Drº Daniel Neves no Jornal Mundial News
Saiba Mais
Oncoville conquista certificação ONA
Oncoville conquista certificação ONA
Saiba Mais
tratamento de câncer de próstata e impotência sexual
O que devemos saber sobre tratamento de câncer de próstata e impotência sexual
Saiba Mais

Visitado 145 vezes

Receba novidades